Minha experiência com a fralda de pano ecológica

Venho aqui compartilhar as minhas experiências de uso de fralda de pano com o meu filho e de uma maternidade mais sustentável e ecológica!

 

Me chamo Anne Caroline e sou mãe feliz de um menino de quase 1 ano!

Durante a gravidez, ficou muito claro sobre os ensinamentos que eu gostaria de passar para o meu filho. Sobre a preocupação ambiental com o nosso planeta, a transparência de saber quem fez as nossas roupas, qual impacto essa produção causou no meio ambiente. Preocupações que, muitas vezes, no dia a dia, deixamos passar despercebidas e acabamos comprando uma roupinha ou algum item sem saber de onde veio, como foi feito. Quantas roupas são feitas como base no trabalho escravo, num trabalho com remuneração incompatível ou que traz malefícios para quem produz a matéria prima?

Uma das minhas escolhas foi optar por usar roupas de bebê de algodão orgânico. Macias e confortáveis para o meu bebê, mas também com baixo impacto ambiental. Mas e as fraldas? Usaria as descartáveis?

Comecei a levar em consideração que um bebê usa cerca de 5.000 fraldas até seu desfralde, gerando cerca de 1 tonelada de lixo. Cada fralda descartável leva cerca de 450 anos para se decompor no aterro, quando não poluem diretamente o meio ambiente e os oceanos, pela composição de plásticos e químicos. Com base nessas informações quis ao menos tentar fazer minha parte com o meio ambiente e com meu bebê, pensando no futuro dele nesse mundo e escolhendo usar fralda de pano em vez de fralda descartável.

1 – O preconceito em relação ao uso da fralda de pano

2 – Modelo e rotina de uso e lavagens da fralda ecológica

3 – Benefícios e vantagens das fraldas de pano

4- Minha Experiência com fralda de pano

5- O meu enxoval

6- E as roupas de bebê? Perdem mais rápido por causa do tamanho da fralda ecológica?

7 – Preparação e adaptação com fralda de pano

 

1 - O preconceito em relação ao uso da fralda de pano

Percebi que existe muito preconceito em relação ao uso da fralda de pano, como se fosse uma coisa pré-histórica, sem higiene e pouco prática no dia a dia de uma rotina de mãe e pai ativos e modernos. Inclusive, no meu chá de bebê, não pedi fraldas. Ao enviar o convite, muita gente me perguntou sobre o motivo de não escrever a sugestão de tamanhos, que é muito comum nesse tipo de convite.

Expliquei que não gostaria de usar fraldas descartáveis no dia a dia. Mas algumas pessoas ainda não conseguem compreender.  Muitas vezes por já ter um padrão pré-estabelecido ou falta de informação mesmo.

No meu ponto de vista, é justamente, pensando no futuro do planeta e dos nossos filhos, que essa opção de fralda ecológica deveria ser a mais usada.

A fralda de pano ecológica tem o formato de uma fralda convencional de plástico, mas não é uma peça única e descartável. A fralda em si é uma capa e absorventes e é possível usar de duas maneiras: Como fralda de bolso ou como capa. Se você usar como fralda de bolso, ou seja, com os Absorventes de Microfibra dentro do bolso, a capa deverá ser lavada a cada troca, se não, é possível trocar os absorventes e reutilizar a capa.

No meu caso, uso os absorventes dentro do bolso, pois funcionou por aqui, pois como o bebê se mexia muito, o absorvente saia do lugar e acabava vazando e usando dessa forma é bem raro acontecer. Então, não: a fralda de pano ecológica não é o mesmo modelo que nossas avós precisavam usar. Ela tem tecnologia no tecido dos absorventes e é feita pensada na praticidade dos pais e conforto dos bebês.

 

2 - Modelo e rotina de uso e lavagens da fralda ecológica

 

Minha preocupação era a falta de tempo para lavar as fraldas de pano com um bebê pequeno em casa. Porém, esse modelo de fralda ecológica hoje em dia é muito moderno e a máquina de lavar, acaba lavando sozinha.

Até a introdução alimentar, é instruído que não precisa lavar a fralda de pano antes de inserir na máquina. Apenas acumular em um saco impermeável até a lavagem. Em casa, sempre passamos uma água após a troca e juntamos até ter essa certa quantidade para lavar.

Quando o bebê começa a comer, é natural a consistência do cocô mudar. Por isso uso um liner biodegradável. Tem algumas opções no mercado, como milho ou bambu. É um forrinho, que após o bebê fazer cocô, é só tirar e jogar no vaso sanitário. Facilita muito.

Entretanto, uma colega minha não se adaptou ao uso do liner com seu bebê, que tinha a pele mais sensível. No caso dela, ela apenas dispensou o uso do liner biodegradável, continuando a usar a fralda de pano. Quando é xixi, ela lava diretamente, quando é coco, ela tira o excesso no vaso sanitário com a ducha higiênica e guarda separado os absorventes para lavar junto com as toalhas de banho e lençóis, aos 60 graus, uma vez por semana. Ela lava tudo em um saquinho de proteção e a lavagem das capas nunca passam de temperaturas acima de 30-40 graus.

No meu caso, lavo as fraldas de pano separadas de qualquer outra peça de roupa. No ciclo longo da minha máquina, com temperatura ambiente, pois a marca que eu uso, Dipano, indica que a água quente danifica as capas.

Na minha rotina, gasto cerca de 25 minutos no processo de tirar os resíduos, colocar na máquina, estender, tirar do varal e montar as fraldas, que seria colocar o absorvente no bolso interno de fralda de pano. Faço essa jornada a cada 2-3 dias, utilizando em média 10, das minhas 14 fraldas e em torno de 15 absorventes, pois utilizo um por fralda durante o dia e 2 durante a noite. Deixo essa margem sobrando para dar para usar enquanto as fraldas secam. Porém absorventes tenho mais de 40 unidades.

Olhando num todo, não é muito tempo gasto pensando em um benefício social tão grande. Com certeza é um presente para as nossas próximas gerações.

Para a lavagem, indico não usar produtos pefumados, amaciantes ou alvejantes. Uma dica é o sabão da Positiv.a, que é uma empresa B, ecologicamente e socialmente responsável, além de ser biodegradável, hipoalergênico, feitos com ingredientes naturais e vegetais e não é testado em animais.

 

3 –Benefícios e vantagens das fraldas de pano

Para fabricar uma fralda descartável, é preciso usar muita água e energia e, basicamente, plástico e papel, o que significa que a produção envolve a derrubada de árvores e o uso de um recurso não-renovável, que é o petróleo. Então é possível perceber que desde a produção até o descarte você traz malefícios para a natureza, pois estima-se que 2% do lixo de um aterro seja composto apenas de fraldas descartáveis e esse é o destino de quase todas as fraldas descartáveis no Brasil.

É importante pensar também que uma fralda descartável tem em média 60 substâncias tóxicas, incluindo glifosato, que é o agrotóxico mais usado no mundo. Você imagina um bebê, que tem a pele mais sensível que um adulto, passar o dia inteiro em contato com aquele material tão sintético e cheio de química? Deixando o bumbum do bebê com menos contato com materiais sintéticos diminui o risco de alergias, assaduras e dermatites. Inclusive a pele dele ventila melhor.

E além dos benefícios para o meio ambiente e conforto do bebê, você também economiza a longo prazo. Usando em média, 6 unidades por dia, é possível ter uma despesa de cerca de R$3.000,00 por ano ao escolher a opção descartável. Em um enxoval com fralda sustentável, é possível comprar um kit com 14 fraldas completas por cerca de R$920,00.

Esse enxoval você tem a possibilidade de usar até o desfralde, que é por volta dos 3 anos de vida da criança. O valor inicial para investimento é grande, mas como disse, se pensar a longo prazo é a melhor opção. Esse kit é ideal para bebês que já trocam em média de 5 a 6 fraldas por dia, porém sempre usamos esse. Quando tem uma maior quantidade de fraldas, por algum motivo, lavamos em dois dias, por exemplo, ao invés de 3.

Uma vantagem da fralda de pano é a possibilidade de usar de segunda mão, pois ela tem uma durabilidade muito boa, podendo ser passada de um irmãozinho para o outro, ou até mesmo para um primo!

 

4 – Minha experiência com fralda de pano

Uso as fraldinhas desde o início do segundo mês de idade do Benício, meu filho. Um motivo por que eu não usei antes foi a recomendação de que, por ser tamanho único, é indicada para bebês com peso acima de 3,5kg. Essa recomendação foi da marca que eu escolhi, a Dipano. Hoje existem diversas marcas, tanto internacionais, como nacionais. Eu preferi uma marca nacional por ter mais acesso a tirar dúvidas e poder ter ido escolher pessoalmente em 2019.

Meu filho nasceu com 3.310kg mas no seu primeiro mês perdeu muito peso, chegando a pesar 2.800kg. Infelizmente, após completar 1 mês, ele teve uma alergia a fralda descartável de uma determinada marca, deixando ele bem machucadinho na região da fralda, por isso antecipei o uso.

Uma preocupação é o bebê ter assaduras, e por isso muitos pais desistem do uso da fralda de pano, mas as fraldas de pano não são as causadoras desse problema. As assaduras podem ocorrer em fases de alergias ou pela introdução de alimentos, por exemplo. Uma pomada para assaduras que indico e é compatível com as fraldas ecológicas é a da Weleda Calêndula, que não possui fragrâncias, corantes ou conservantes.

Uso as fraldas de pano 90% do tempo. Uso as descartáveis, apenas de uma marca, pois a única que não deu alergia. Usamos para os dias que temos saídas mais longas, quando vamos visitar os meus pais por exemplo um dia no final de semana, por não ter onde lavar adequadamente. Vejo isso como a única desvantagem desse modelo de fralda.

Mas com certeza já é menos lixo para o mundo e muito mais conforto para o meu bebê.

 

5 – O meu enxoval de fralda

Nesse kit que comprei, vieram:

  • 12 fraldas diurnas
  • 2 noturnas.

As fraldas de pano diurnas e noturnas são diferentes então? Não!

A fralda, chamada capa, é igual, o que muda são os absorventes.

  • Fraldas Diurnas: acompanha 2 absorventes de microfibra.
  • Fraldas Noturnas: Acompanham 1 absorvente anatômico, que é mais largo na frente. Ótimo para bebês meninos. Há também 1 absorvente reforço e 1 de microfibra.

Uma vantagem é você poder comprar separado também. No site há opções de absorventes além desses citados, diversas estampas para as capas, tanto femininas, masculinas, como unissex. Além de outros kits promocionais, itens como o liner biodegradável, sacos impermeáveis, extensores de bodys e lencinhos biodegradáveis.

Outro fato importante a se comentar, é que existem opções diferentes de capa. Existem

  • Capas com velcro
  • Capas com botão de pressão.
  • Capas em Minky que tem como característica principal um aspecto peludinho por fora e laminado com PUL por dentro.
  • Capas em Mesh tem uma malha furadinha, que fica em contato com a pele do bebê. Permite a passagem da água com maior facilidade e de seca mais rápido. Ideal para usar na água da praia ou da piscina.

Uma super vantagem é ter a possibilidade de usar a fraldinha na piscina ou na praia também. E é super simples, não precisa nem usar o absorvente porque a capa segura as necessidades, não solta tinta e ainda deixa o bebê bem confortável sem aquela fralda descartável cheia de água.

Nós usamos sempre apenas esse kit com botões de pressão, citado anteriormente, tamanho único, que dão em média 8 opções de ajuste do tamanho P ao G. Usamos tanto na piscina ou no uso diário. Mas é importante saber que existem outras opções e que cada família pode escolher o que for melhor para si.

Para ajudar, alguns sites disponibilizam uma lista para chá de bebê, onde a mãe ganha créditos e escolhe os modelos que desejar!

 

6 – E as roupas de bebê? Perdem mais rápido por causa do tamanho da fralda ecológica?

 

Há muitas questões para avaliar. No meu ponto de vista, varia de bebê para bebê. O Benício sempre foi comprido, porém magrinho na cintura. Devido o comprimento dele, quase sempre usamos um número maior para ele ter mais conforto e mobilidade, então nunca tivemos esse problema.

Porém, existe a possibilidade de usar o extensor de body, que ajuda a prorrogar a vida útil da roupinha. Um fato curioso é que hoje em dia, ele com 11 meses, não sentimos mais a diferença entre ele usar a fralda de pano ou a descartável em relação ao tamanho da capa. Mas no primeiro mês que ele usou, a fralda de pano mesmo que bem ajustada, parecia grande e dava a sensação de um bumbum bem grande.

Uma coisa que ajuda muito a não ter essa impressão, é a escolha certa do tecido e dos modelos de roupinhas. As roupas de bebê de algodão orgânico da Timirim, por exemplo, são macias e maleáveis. Por serem super confortáveis, não atrapalham o bebê ao se movimentar e brincar bastante. É sempre bom evitar as roupas justinhas. Afinal bebê usa roupa de bebê, não é mesmo?

Já os modelos, macacão e calça saruel são peças coringas para deixar essa composição de roupa e fralda de pano perfeitas. Mas bebê com camiseta e fraldinha aparecendo, não resisto também!!

 

7 – Preparação e adaptação com fralda de pano

Compramos as fraldinhas de pano 3 meses antes do nascimento. Muitas mamães devem ter passado por isso. Nessa reta final a gente arruma as roupinhas, o quartinho várias vezes.

Então para mim, a preparação das capas foi muito boa para aproveitar ainda mais esse momento, e elas são tão fofas! Vira acessório de look de seu bebê, ainda mais aqui no Brasil onde eles passam boa parte do ano no calor, e as vezes apenas de fralda!

É preciso lavar as fraldas algumas vezes antes de usar, porque quando estão novas elas possuem uma espécie de goma que acaba impermeabilizando a peça. Ela irá atingir a sua máxima absorção após 4 a 5 lavagens aproximadamente.

A melhor forma para evitar a impermeabilização dos absorventes é evitar usar sabão com glicerina ou pomadas. Uma sugestão é utilizar o tira manchas multiuso da Positiv.a, que pode ser usado como bicarbonato de sódio para fazer a lavagem dos absorventes, renovando a absorção dos absorventes, se precisar a cada 6 meses.

Como as fraldas foram criadas para usar até o desfralde, é interessante tomar algumas medidas de cuidado para elas durarem bem, por exemplo lavar com água fria no cotidiano, secar naturalmente ao sol ou vento.

A adaptação às fraldas de pano vai depender de cada família, pois embora algumas se acostumem rapidamente, o comum é levar um tempo até tudo se encaixar na rotina.

Ter alguém que possa te ajudar com a rotina de limpeza da fralda de pano não é essencial, mas com certeza facilita muito no dia a dia. Então, se o seu parceiro, parceira ou família souber a importância que essa escolha mais sustentável representa para você, eles estarão mais preparados para te ajudar.

E fala sério! É um charme bumbum de neném com fraldinha de pano, não é?

Além de fofo, ajuda o meio ambiente, a pele do bebê e é mais econômico para os papais!

Se você tiver dúvidas ou perguntas sobre o meu post ou sobre a fralda de pano, pode deixar um comentário e eu responderei <3

Abraço verde,

Anne

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *