O enxoval de bebê do verão: o que você não pode esquecer!

Criar uma lista de enxoval de bebê não é tarefa simples, mas não quer dizer que seja difícil! Não é simples porque cada família tem suas necessidades e escolhas individuais, como decidir se o bebê vai usar mamadeira, chupetas, fraldas descartáveis ou ecológicas etc.

Por isso, criamos uma lista de enxoval básica de bebê até os seis meses de idade, para se adequar as necessidades de todos os bebês – principalmente aqueles que nascem no verão. Afinal de contas, um bebê que nasce em dias quentes e um bebê que nasce em dias frios precisam de itens de enxoval um pouco diferentes – principalmente as roupas. Separamos nossa lista de enxoval em itens necessários e itens bônus, aqueles que não são obrigatórios, mas ajudam muito os futuros papais. Quer saber quais são? Continue a leitura!

 

o enxoval do bebê que nasce no verão

 

    1. Dicas essenciais antes de começar o enxoval
    2. Roupas de bebê
    3. Itens para banho, saúde e higiene
    4. Itens para o quarto
    5. Para passeios
    6. Itens bônus!
    7. Conclusão

 

1 – Dicas essenciais antes de começar o enxoval

Quando pensamos em enxoval de bebê, a primeira coisa que nos vem em mente são as roupinhas – pequenas, fofas e que você nem acredita que são do tamanho de um bebê de verdade! Da vontade de sair comprando todos os modelos, com as estampas mais diversas e com muitos detalhes para deixar o bebê mais fofo ainda, não é?

Então lá vem a nossa primeira dica: as peças básicas, confortáveis e fáceis de vestir são as melhores, principalmente nos primeiros meses de vida. Pense só: o bebê se sujou e você precisa dar um banho nele, enquanto prepara o banho, precisa tirar a roupa do bebê e o acalmá-lo ao mesmo tempo! Nesse caso, uma roupa mais simples de trocar é melhor para os pais e uma com tecido mais macio, melhor para o bebê. A verdade é que o importante mesmo é o conforto do bebê. Por isso, em nossa lista de enxoval, colocamos peças simples como body, calça e macacão.

Nossa segunda dica tem relação com a estação do ano. Como focamos no enxoval do bebê que nasce no verão, nossa sugestão é priorizar roupas de tecidos naturais e leves aos sintéticos e artificiais. As roupas feitas com fibras naturais como o algodão, linho e seda, em comparação àquelas feitas de tecidos sintéticos e artificiais como a viscose, o poliéster e o elastano, são mais macias, fresquinhas e o mais importante: permitem que a pele respire através do tecido e realize uma regulação térmica otimizada, o melhor para o calor dos dias quentes de verão. A discussão sobre o melhor tecido para a pele do bebê vai mais longe: o algodão orgânico – que não teve contato com materiais tóxicos dos agrotóxicos é ainda melhor para o bebê, que tem a pele 5 vezes mais fina e sensível que a de um adulto e pode absorver essas toxinas das roupas, podendo desenvolver alergias de pele.

E para finalizar antes de irmos para a lista de roupas de enxoval, nossa última dica é destinada àqueles que desejam construir um enxoval mais sustentável, tanto econômica quanto ambientalmente: aproveite roupas e outros itens de segunda mão! Os bebês, diferente dos adultos, perdem muita roupa, porque crescem rápido nos seus primeiros meses de vida, então as roupas, quando são de qualidade, ainda se encontram em ótimo estado após o uso. O mesmo acontece com alguns itens como bebê conforto, banheiras e até mesmo o berço. Talvez alguma amiga ou parente que tenha tido bebê recentemente ainda tenha algumas peças de roupas e itens para doação e pode te ajudar a montar o seu enxoval!

 

2- Roupas de bebê

Na nossa lista de enxoval, colocamos a quantidade mínima de peças que se deve ter em cada fase, mas leve em consideração sua rotina de lavagem de roupas e o tempo que elas levam para secar. Indicamos não passar muito do número de peças tamanho recém-nascido, porque provavelmente serão usadas por pouco tempo.

- 5 macacões RN
- 6 macacões 0-3 meses
- 6 macacões 3-6 meses

O macacão de bebê é uma peça super prática e confortável, pois envolve o bebê dos pés ao pescoço, o mantendo protegido e seguro. Prefira os macacões que possuem abertura na frente, pois é mais fácil de trocar o bebê. Aqueles com botões nas costas, por exemplo, são difíceis para realizar a troca do bebê enquanto seu corpo ainda não tem firmeza.

- 2 bodys manga curta RN
- 3 bodys manga longa RN
- 5 bodys manga curta 0-3 meses
- 3 bodys manga longa 0-3 meses
- 5 bodys manga curta 3-6 meses
- 3 bodys manga longa 3-6 meses

Os bodys são as peças coringas para os recém-nascidos, por serem fechados evitam que o tecido da roupa suba, deixando o bebê desprotegido, o que acontece com as camisetas. Nossa sugestão para os primeiros meses do bebê é o modelo kimono. O modelo de body kimono ou body de abertura frontal permite que a roupa seja colocada no bebê sem ter que ser passada pela cabeça – evitando que os pais tenham que manusear o pescoço do neném e que ele se irrite sentindo o body passando por sua cabeça, evitando chorinhos e reclamações.

 

menina com body kimono

 

- 5 calças RN
- 8 calças 0-3 meses
- 8 calças 3-6 meses

Existem modelos de calças com ou sem pezinhos para os bebês, ambos tem pontos positivos e negativos. As calças com pezinhos não necessitam de meias, mas só podem ser usadas até certo ponto, ainda mais se o bebê nascer comprido. Por outro lado, as calças sem pezinhos podem ser usadas por mais tempo, mas precisam de meias ou sapatinhos para esquentar os pés do bebê caso necessário. Como falamos de um bebê que nasce no verão e os macacões possuem pezinhos, o melhor seriam calças sem pezinhos e investir em meias ou pantufinhas para dias mais frios.

- 1 casaco 0-3 meses
- 2 casacos 3-6 meses

Apesar de ser verão, podemos ser surpreendidas por dias frios ou lugares com ar condicionado muito forte, por isso colocamos na nossa lista de enxoval casacos para bebês. Os modelos no mercado são diversos como cardigans, suéters e moletons. Indicamos os que possuem botões e podem ser fechados para conservar a temperatura corporal do bebê.

- 2 mantas

As mantas estão na categoria “roupas”, pois servem como uma camada protetora ao bebê – seja contra o frio ou para evitar a iluminação intensa do sol nos dias mais quentes. Por isso, assim como as roupas, são preferíveis em tecidos naturais, que permitem a respiração da pele e a otimização térmica do corpo do bebê. As mantas estilo Swaddle são ideais para realizar o embrulho “charuto” ou “burrito”, que ajuda a acalmar o recém-nascido.

 

 

- 3 sapatinhos-pantufas ou meias

As meias ou sapatinhos pantufas – aqueles bem molinhos, confortáveis e que não funcionam apenas como acessório como outros sapatinhos – servem para manter os pés do bebê aquecidos, uma necessidade principalmente nos primeiros meses do bebê.

- 2 toucas

Da mesma forma que os sapatinhos ajudam a manter o bebê quentinho (mesmo no verão, isso é uma necessidade dos recém-nascidos!), as touquinhas tem a mesma função, além disso, ela ajuda a proteger a cabeça do neném do sol. No hospital os bebês costumam ganhar toucas de recém-nascido assim que nascem, mas elas costumam ter o nome da maternidade, por isso, é bom investir em toucas para após o nascimento.

- 3 macaquinhos/jardineiras/vestidos com tapa fralda 3-6

Essa escolha é opcional, você pode escolher entre usar o macaquinho, a jardineira, vestido ou um body com tapa fralda para dias quentes. Lembre-se de sempre optar pelo conforto da criança e praticidade da peça. Os bebês precisam ter suas fraldas trocadas e se a peça for difícil de colocar ou tirar, é pior para os pais. Além disso, roupinhas como vestidos tendem a ter babados, fitinhas e lacinhos que podem irritar a pele sensível do bebê.

 

3 – Itens para banho, saúde e higiene

- 1 Banheira ou ofurô
Alguns pais preferem dar banho nos bebês no chuveiro, enquanto tomam banho, outros preferem a banheirae tem aqueles que optam pelo ofurô. Isso depende do contexto em que os pais estão, por exemplo, alguns não tem espaço no box para colocar a banheira, o suporte para mantê-lo em uma altura confortável para quem estiver dando o banho e a pessoa em si. Por isso, caso opte pela banheira, saiba o tamanho do seu banheiro e todos os acessórios necessários para que a experiência seja confortável.

- Sabonete hipoalergênico
Para os bebês, o sabonete líquido é o mais indicado, pois evita que qualquer bactéria ou fungo entre em contato com a pele sensível deles. O sabonete deve ser específico para bebês, pois a pele de adultos e bebês são diferentes, e o sabonete do bebê, além de limpar, deve hidratar a pele. Até os 6 primeiros meses, o bebê não precisa usar shampoos, então o recomendado são sabonetes “dos pés à cabeça”. A marca Souvie de cosméticos orgânicos, por exemplo, tem uma espuma de banho para recém-nascidos que promove a hidratação e nutrição da pele.

- 3 Toalhas com capuz
Prefira toalhas com capuz, pois elas permitem que o bebê fique embalado após o banho protegendo a cabeça e permitindo uma posição mais favorável para secá-lo – o capuz funciona como um guia para embrulhá-lo pós banho.

 

 

- 2 pacotes de Fraldas RN descartáveis

- 3 pacotes de fraldas P

- 3 pacotes de Fraldas M

- Ou 24 fraldas ecológicas (lavando a cada 2 dias)

Em relação as fraldas descartáveis, colocamos apenas um número inicial de fraldas, que com certeza irá aumentar com o decorrer dos usos. É melhor não comprar muitas fraldas de apenas uma marca, porque o bebê pode ter alergias e, nesse caso, será necessário alterar a marca das fraldas. As fraldas ecológicas são as opções mais sustentáveis, são feitas de pano, mas diferente do que eram as fraldas de pano que nossas mães e avós usavam, existem opções modernas e práticas, que funcionam muito bem.

- 3 Fraldinhas de ombro

- 6 Fraldinhas de boca

As fraldinhas de ombro e de boca tem múltiplos usos, desde limpar a babinha da boca do bebê, até proteger a roupa dos pais quando forem colocar o bebê para arrotar a protegê-lo do sol, por isso é indicado sempre ter uma por perto.

 

- Hastes flexíveis de algodão

- Pacotes de algodão

- 1 creme antiassaduras

- 1 tesourinha de unhas

- 1 álcool em gel para limpeza do umbigo

- Aspirador nasal

- Garrafa térmica com água morna e tigela

- 1 termômetro para o bebê

Os itens acima devem ficar no trocador do bebê. Para manter o enxoval do bebê um pouco mais sustentável você pode optar pelas hastes de algodão feitas com materiais mais ecológicos como o papel reciclado. O algodão e a água morna servem para limpar o bebê na hora de trocar as fraldas. Algumas pessoas preferem usar lencinhos umidecidos, mas apesar da praticidade, é uma alternativa menos saudável para a pele do bebê. A garrafa térmica com água morna é útil para aqueles que não possuem a opção de água morna vinda diretamente da pia, para aqueles que possuem, não há necessidade.

 

4 – Itens para o quarto

- 1 berço
- 1 colchão
- 3 lençóis com elástico
Os itens acima, novamente, dependem da escolha dos pais. Alguns optam pelo berço tradicional, alguns pelo berço portátil que pode ser acoplado a cama do casal, e outros por moisés. Pensamos em um berço tradicional para os itens acima. Lembre-se que alguns itens como protetor de berço, bandô, mosquiteiro e travesseiros podem acumular muito pó, sendo necessário uma limpeza frequente desses itens que não são essenciais para o enxoval.

- 1 trocador
- 1 lixeira
O trocador e a lixeira devem ficar próximos entre si. Em relação à lixeira, recomendamos com tampa, pois impede que o cheiro das fraldas sujas se espalhe pelo quarto todo.

 

5 – Para passeios

- Carrinho
- Bebê conforto

O bebê conforto é o item indispensável no carro para viagens com o bebê até que ele complete um ano (sendo substituído pela cadeirinha de carro), portanto, se você não pretende carregá-lo a pé para todos os lugares, pela legislação brasileira, você precisa ter um bebê conforto. Inclusive em taxis e carros de aplicativo a lei se aplica, portanto, você não pode levar seu bebê no colo (pela segurança dele!).

 

 

6- Itens bônus!

Separamos alguns itens que não consideramos obrigatórios para o enxoval do bebê, mas que certamente ajudam a vida dos novos papais.

- Babá eletrônica
A babá eletrônica é essencial para os pais que preferem manter os bebês em seus próprios quartinhos. Ela permite que os pais tenham noção do que acontece com os filhos, mesmo se estiverem a certa distância, algumas babás eletrônicas possuem câmeras, enquanto outras apenas o sistema de som.

- Almofada de amamentação

- Poltrona de amamentação
A almofada e a poltrona de amamentação são úteis para as mamães que vão amamentar. As mamães passarão um bom tempo de seus dias amamentando e por isso é bom ter um lugar confortável para passar, às vezes, horas amamentando. A almofada serve para dar suporte aos braços da mãe e corpo do bebê.

- Roupas especificas para amamentar
Esse item é também é específico para as mamães que vão amamentar. Nossa dica são sutiãs absorventes de amamentação e roupas que permitem que a mãe possa amamentar sem precisar tirar nenhuma peça, como camisetas. Você apenas desabotoa alguns botões e pode amamentar, sem precisar ficar levantando a blusa. Os sutiãs de amamentação funcionam da mesma maneira, no sentido de que você não tem a necessidade de tirá-lo para amamentar, a marca Pantys, por exemplo, oferece um modelo de sutiã de amamentação que já é absorvente, dispensando o uso de absorventes de seio.

- Pijama troca-fácil
O pijama-troca fácil é uma novidade de origem europeia. Ele tem a aparência de um saco de dormir, mas é um pijaminha que facilita muito a troca de fraldas para os papais! Eles só precisam desfazer o nó, abrir o saquinho, trocara fralda e puxar o fio novamente para manter o bebê quentinho, protegido e confortável a noite toda.

 

- Sling/Canguru
O Sling e o Canguru tem a mesma função: permitir que o bebê fique no colo, em contato com os pais, enquanto estes tem os braços livres para poder realizar outras funções além de apenas segurar o bebê. Ele pode até substituir o carrinho de bebê. A diferença é que o sling é um grande tecido, então é mais fácil de guardar enquanto o bebê não o estiver usando, porém mais difícil de montar – no começo é mais complicado até os pais pegarem o jeito. Já o canguru tem uma estrutura fixa, que torna mais fácil a hora de colocar o bebê, mas é uma peça consideravelmente grande e espaçosa para se carregar por aí enquanto o bebê não o usa.

 

 

Conclusão

Como disse lá em cima, fazer a lista do enxoval do bebê não é uma tarefa simples, todas as escolhas e preferências dos pais tem que ser pensadas. Não adianta seguir a lista completa de enxoval da amiga, da prima ou do seu blog favorito, porque você não necessariamente vai usar todos os itens ou vão te faltar itens importantes que você não considerou. Por isso, antes de sair comprando tudo pela frente, se planeje, veja como você quer criar seu filho em seus primeiros meses de vida e anote tudo!

Agora que você já tem uma ideia do seu enxoval de bebê, que tal saber quais itens levar na mala de maternidade?

Veja nossos produtos citados:

Abraço verde,
Fernanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *