Os melhores presentes para bebês, gestantes e novos pais, e ainda mais ecológicos!

    1. No geral, oferecer produtos que vem com história e experiências
    2. Os melhores presentes para bebês
    3. Os melhores presentes específicos para gestantes
    4. Os melhores presentes para os novos pais
    5. A importância do embrulho no presente
    6. Conclusão: tem que ser um prazer seu, se não for, não compre!

 

O Natal está chegando e junto a esse período do ano gostoso que todo mundo espera, vem a ansiedade dos presentes. Não é fácil escolher presentes de bom gosto, que a pessoa vai gostar e/ou usar de verdade, até mais quando se procura com uma consciência mais ecológica de consumo consciente! Nesse artigo, vou detalhar um pouco mais minha visão e minhas soluções para agradar mais particularmente os bebês, gestantes e novos pais 😊.

Foto família arvore de natal presente

Não vou falar aqui dos produtos úteis que compõem o chá de bebê sustentável ou os acessórios da gestante mais ecológica (o sling sendo um exemplo). Esses produtos merecem um post especial e decidi focar hoje nos presentes mais prazerosos, que não apenas resolvem uma necessidade.

A base para oferecer um presente que vai fazer sucesso é conhecer os pais! Até mais se você decidir oferecer um produto em relação a gestação ou a criação, seja ciente tanto das particularidades e dificuldades que a mãe e o pai enfrentam quanto dos princípios que eles seguem 😊. Se você não cuidar disso, tem muita chance de oferecer um presente que nunca vai servir. Por exemplo comprar fraldas descartáveis para quem optou por fraldas reusáveis ou o contrário!

 

1 – No geral, oferecer produtos que vem com história e experiências

·        Experiências, produtos com histórias

Vou começar com um tema que está  tão na moda que parece meio que óbvio, hoje em dia a maioria das pessoas curtem mais experiências do que apenas produtos 😊. Isso não significa que um presente produto não vale mais nada, bem ao contrário! Significa que além das experiências imateriais, valorizamos mais os produtos que têm uma história para contar.

 

 

Como assim um produto que tem uma história? Não estou falando de livros, apesar de que livros são exemplos muito bons de presente que oferecem uma intenção e história que vai bem além do produto (papéis colocados juntos). Um produto que tem uma história, que traz junto uma experiência sensorial ou de imaginação é um produto que vai deixar uma lembrança muito mais forte na memória de quem recebe. Não tem que ser nada complicado, mas mostrar o carinho e o caminho que você colocou no processo de compra desse produto específico, justamente para essa pessoa. Exemplo: comprei essa xilogravura do J.Borges porque lembrei daquela exposição que nós fomos juntos sobre arte do Pernambuco e daquela tarde tão gostosa que foi!

 

Obviamente os presentes imateriais de experiências, adaptado ao momento de vida de quem recebe são uma super boa opção de presente personalizado e gostoso, já que eles focam na lembrança e no momento de vida real que essa experiência vai trazer para quem recebe.

 

·        Histórias vêm com transparência e consumo consciente

Quando você pensa no presente como parte de uma história mais especifica pensada para a pessoa que o  recebe, quase naturalmente vem junto um pensamento sobre o próprio produto. Porque você quer a essência desse produto combinando com a história que fez você comprá-lo. Só de pensar essa compra dentro de um processo mais vinculado a experiências de vida faz essa compra ser mais consciente. Você compra pensando, então já é um consumo consciente, que questiona o destino desse produto e a necessidade da compra. Isso vai contra a tendência de fast-shopping que nos torna vítimas de um consumo rápido e sem alma.

Para poder oferecer uma história ainda mais completa, além de seu próprio caminho para chegar nessa ideia e nesse produto, agrega muito valor ao presente saber o que tem por trás. Isso faz você naturalmente procurar produtos que seguem um princípio de transparência, com marcas que apresentam toda a história que tem por trás do produto, contando os detalhes de carinho, sustentabilidade e ética que vem junto ao presente. A Timirim é um exemplo de uma marca que pensamos para integrar todas essas histórias de quem faz o produto, do algodão orgânico, da ética, das embalagens sustentáveis etc. Os nossos produtos não são apenas roupas e acessórios macios e coloridos para bebês, eles vêm com a própria história deles, que traz uma outra dimensão ao presente.

 

 

·        Presentes já usados que tem uma história de amor que vem junta <3

Eu pessoalmente sou fã de presentes já usados. Seja, não no sentido de que já foi alterado, mas no sentido de que já passou por uma história de uma pessoa querida, que conta para mim. Quando penso nesses presentes, não penso nos produtos de brechó, mesmo se a origem inicial do presente for de segunda mão, sem problema! Penso nos produtos que meus amigos ou familiares usaram e amaram muito. Acho sempre muito precioso receber de quem amou tanto, um produto que vai trazer toda essa história de amor e carinho junto com ele no meu lar. Esse tipo de presentes é particularmente adaptado aos bebês, gestantes, mães e pais, porque esses momentos da vida passam tão rápido que têm muitos produtos que não vão mais servir, mas que quem gostou amou particularmente. Por exemplo, minha mãe que conservou um de meus primeiros casacos de bebês e o conserva para me presentear se eu engravidar de uma menina um dia. Minha irmã que me doa um quadrinho de decoração que ela amou no quarto de bebê de um dos filhos dela etc.

 

 

·        Presentes feitos a mão: mais complicados, mas sempre sucesso

Para terminar essa categorização de atributos geral de presentes que fazem sentido para mim, e pensando num consumo consciente, não podia esquecer os presentes feitos a mão. Obviamente esses presentes são aqueles que contêm mais história e amor. Mas de verdade precisam de um tempo a dedicar que não todo mundo tem. Na verdade, é esse tempo passado a fazer o presente que faz todo o valor do objeto, então se você tiver o tempo, a oportunidade e os talentos para realizar presentes, sempre vai ser o maior sucesso de todos! Exemplos que já recebi ou vi: roupinhas ou acessórios de decoração bordados ou de tricô, quadros de fotografia, livros de scrapbooking contando a história da pessoa, músicas com letras reescritas e cantada para a pessoa etc. E porque tenho muito amor e um orgulho imenso dele, a cama barco que o Nicolas construiu a noite essas últimas semanas para o nosso filho a nascer!

 

2 – Os melhores presentes para bebês

·        Roupinhas original, práticas e diferenciadas

Roupinhas para bebê é a primeira escolha de presente, porque é o que eles usam mais nos primeiros meses da vida! Existem muitas opções de roupas para bebês, mas poucas realmente diferenciada com uma história para contar. Eu tenho alguns conselhos para escolher roupinhas que vão fazer diferença no armário do bebê e na vida dos pais. E bom escolher uma matéria de fibra 100% natural, porque elas são a que mais ajudam o bebê a regular a própria temperatura, esqueça o poliéster para um bebê! Tenta achar roupinhas orgânicas ou de algodão orgânico e com tintas à base de água, porque elas têm menos químicos dentro da composição e a pele dos recém-nascidos é bem permeável. Escolha modelos práticos e inovadores para os pais e o bebê ganhar em qualidade de vida (exemplo, body kimono que abrem na frente para evitar manipulação, pijama troca fácil etc.). E por último mas não menos importante, se você quiser se destacar, tenta fugir do obvio de azul e caminhões para meninos e rosa com borboletas para meninas 😊, tente ser mais unissex e neutro para se destacar!  Obviamente não posso perder aqui a oportunidade de falar que todos os produtos da Timirim se alinham com essas propostas porque pensamos a marca para ser baseada nesses pilares! Venha descobrir os nossos body kimono, pijama troca fácil, algodão orgânico, estampas unissex do J. Borges e mais 😊.

 

 

·        Brinquedos lúdicos e de artesão, que não se acham em qualquer loja

Para fugir um pouco dos brinquedos mais comum e que se acham em qualquer lugar, é bom se orientar para jogos mais artesanais, geralmente esses jogos têm mais alma e não vão se repetir abaixo da árvore de Natal! Madeiras, sementes e tecidos são materiais muito “vivos” para jogos infantis, e quando for sem verniz agressivos ou pintados com tintas naturais é melhor, para não ter problema no caso o bebê colocar na boca. Jogos de construção, cubos de papelão ou de tecidos, animais brasileiros, jogos para interagir com a natureza e descobri-la são excelentes! Tente evitar os jogos que têm sistema de musiquinha ou barulho integrado que isso pode virar um pesado da vida dos pais 😉. Isso não quer dizer que jogos de plásticos industriais são ruins, bem ao contrário têm alguns muito bem pensados para o desenvolvimento e o prazer dos pequeninhos, mas se você está procurando um presente fora do comum, você tem mais chance de surpreender a família com essas escolhas mencionadas acima! Também quero reforçar aqui que não sou nada extremista ou radical em relação a jogos 😊, tem uma humorista francesa bem famosa, a Florence Foresti, que fala assim “Você tem princípios, depois você tem crianças! Uma vez que você recebeu o jogo de madeira na cara 5 vezes, você faz como tudo mundo, compra o de plástico!”. A vida real é com criança real e no final, o destino de seu presente é fazê-los felizes!

 

·        Decoração de quarto personalizada

Essa opção de presente é muito interessante, mas tem que ser feito com muito cuidado e por quem conhece bem o casal 😊. Eu até hoje fiquei com a reprodução dos anjos do pintor Rafael que estavam no meu quarto de bebê, e esse quadro passou agora para o quarto do nosso menino que está para nascer! Gosto da ideia de presentear o bebê com uma obra que te emocionou e por certeza vai lhe emocionar. Um quadrinho pintado de aquarela, uma reprodução de animal de madeira, uma pequena xilogravura do J.Borges (já temos duas no quarto 😉), e até o pote decorado de uma plantinha (existem plantas para limpar os quartos de alguns poluentes que são recomendadas para quartos infantis). Sua imaginação e seu carinho são os limites do que pode ser inventado e escolhido.

 

·        A minha ideia de presente perfeito: livros com dedicatória. Um presente de arte para sempre <3

O bom e o ruim de um blog é que ele fica muito influenciado por quem escreve né? Então vou contar aqui em última posição, o presente que decidi pedir aos meus amigos e famílias. Sendo francesa, a maior parte deles vivem longe e fica complicado na hora de presentear o bebê. Isso foi uma super desculpa para poder orientar o presente deles. Eu sempre amei livros e li bastante, mas estou ainda mais apaixonada com a literatura infantil para as crianças menores, que não sabem ler ainda. Existem livros que são realmente obras de arte e contam as histórias de amor e emoções mais fofas que existem. Então pedi para cada um escolher o livro infantil que preferia na infância, ou entrar numa livraria e escolher o livro que mais gostou de lá, e oferecer esse livro com uma dedicatória ao nosso bebê. Estou tão animada para receber essa coleção que ele vai descobrir aos poucos, ao longo dos primeiros meses e anos de vida e que vai guardar para sempre, com a mensagem de quem já lhe amava antes mesmo dele nascer! Além disso têm dois efeitos muito positivos: livros são presentes que obrigam a interação de um pai com o bebê durante um momento de leitura muito precioso, e eles também incentivam o bebê ao prazer da leitura, das palavras e do desenho.

 

3 – Os melhores presentes específicos para gestantes

·        Oferecer momentos de relaxamento e bem-estar

Qualquer gestação - mesmo aquelas abençoadas sem aborrecimentos – são períodos muito cansativos e de transformações para as mulheres. Não posso recomendar nada melhor para as gestantes do que presentes de momentos de relaxamento e bem-estar: massagens, spa (para o finalzinho da gestação, quando banhos quentes são liberados de novo 😉), aula de yoga, acupuntura, manicure etc. Eu pessoalmente gosto de poder compartilhar esses momentos com amigas, mas também pode ser um super presente oferecer um momento de tranquilidade a futura mãe sozinha, até mais se ela já tiver outros filhos!

 

 

Se não for possível ou indicado esses momentos para a gestante, tente trazer esses momentos de cuidados com mimos que permitem levar a experiência para casa: cosméticos adaptados (e até orgânicos ou naturais), óleos e acessórios para massagens, sal para banho se tiver uma banheira, sal para banho de pés se não tiver a banheira 😉 etc. Um presente legal do marido ou da parceira para a grávida é um “voucher” caseiro para um momento especial: massagem, jantar à luz das velas, café da manhã na cama, dia inteiro sem as crianças para descansar etc.

 

 

·        Não esquecer que a gestante ainda é uma mulher!

Por favor, não esqueça que a mulher não se tornou apenas uma gestante, ela ainda é uma mulher e a pessoa que ela era antes, e gosta de ajuda para lembrar disso. Então para eventos como Natal ou aniversário, tente não oferecer apenas presentes relacionados a gestação, continue oferecendo presentes para ela, pense em coisas que ela gostaria de ter recebido fora da gestação e da maternidade.  É muito prazeroso e importante se sentir uma mulher e uma adulta suficiente ainda.

 

 

·        Meu presente favorito: organizar um almoço surpresa com as amigas (que não vire chá de bebê!)

Na verdade, meus presentes favoritos sempre são momentos compartilhados com amigos <3. Acho ótima a ideia de organizar um almoço de amigos e/ou um apenas de amigas meninas para a gestante. Isso junta o prazer de um momento de relaxamento, ao prazer de juntar todas as amigas em torno do prazer de uma comida gostosa! Que mais gente?? Estou valorizando muito esses momentos na gestação porque eu sei que depois do nascimento vai ser mais difícil organizar, então para recarregar as baterias ao longo da gravidez são momentos muito preciosos. Bebam coquetéis (têm sem álcool), falem de maridos, namorados, vida etc. e aproveitem <3.

 

 

 

4 – Os melhores presentes para os novos pais

·        Curso de dança e música de pais e bebê

Eu particularmente gosto dessa ideia porque é um dos presentes para a família toda compartilhar uma das primeiras experiências de vida do bebê. Dass minhas amigas que fizeram todas gostaram do momento, acharam precioso esse contato do bebê com a música junto aos pais. Várias casas de acompanhamento à gestação, partos e primeiros meses oferecem cursos assim, como o Coletivo Nascer, a casa Curumim, a Lumos Cultural, a Casa Angela etc.

·        Xicaras com a foto do bebê para os cafés da manha

Um presente fácil de realizar e que sempre faz sucesso, um objeto comum e usado do dia-a-dia personalizado com uma foto do bebê que você e os pais amam! Foto do bebê sozinho, ou com os pais, ou com você! As xicaras são um dos utensilios que amo porque ele fica escondido quando não é usado, então não tem o risco dos pais não gostarem como um objeto de decoração, e elas são usadas todos os dias. Meus irmãos ainda usam as xicaras com as fotos dos filhos deles bebês, mesmo que já sejam quase adolescentes agora!

 

·        Se for necessário: consultoria de especialista do sono de bebê

Talvez seja muito difícil a vida com um recém-nascido que não dorme a noite, e os pais estão exaustos ou se culpam demais para buscar ajuda com profissionais. Uma consulta com um especialista do sono pode resolver tudo, o impacto que você teria seria gigantesco! Esse presente é para quem conhece muito bem os pais e fica bastante íntimo com eles, para não parecer invadir ou se envolver num assunto que não te diz respeito.

·        Jantar ou almoço para dois com a solução de babá 😉

Esse presente não é para ser feito nas primeiras semanas, quando os pais exaustos ainda vivem grudados ao recém-nascido, mas pode ser oferecido com antecipação sim 😊. A ideia é oferecer um almoço ou jantar para dois num restaurante para o casal poder curtir um momento sozinho sem o bebê, e para isso, juntar ao presente o vale babá, ou feito diretamente por você ou por uma babá que foi recomendada por amigos que já curtiram do serviço dela! Assim o casal que está num período com uma carga mental muito alta não tem que se preocupar com nada de organização para tornar esse momento uma realidade.

 

·        Meu favorito: o vale refeição que você cozinha e traz em casa <3

Volta meu amor por momentos de amizade e comida, deu para perceber? 😊 Acho ótima essa ideia de um voucher para um almoço que você ou alguns amigos trazem em casa para almoçar ou jantar junto ao casal! Cuidado que tem que ter flexibilidade na data para não atrapalhar na vida de quem ainda não tem rotina! Isso pode se tornar a parte mais complicada do presente, aceitar a mudança de data de última hora se o bebê tiver passado por um dia muito cansativo de cólicas ou outros prazeres do início da vida <3. Mas essa flexibilidade sua também é uma super prova de amor e dedicação, o que faz toda diferença!

Nota: cuidado com a ideia que já ouvi falar de vale faxina, não é tão simples como adultos autônomos aceitar ajuda externa ou uma solução que não fosse escolhida pelo casal quando se trata de limpar a casa. E um tema mais íntimo e eu não me ariscaria com isso.

 

5 – A importância do embrulho no presente

·        Embalagem de presente mais ecológico, sem desperdício

O embrulho é a primeira impressão que você tem de um presente e nós todos sabemos da importância da primeira impressão! O embrulho, apesar de ser apenas uma embalagem, ele também pode demostrar a intenção e até fazer parte da história do presente.

O embrulho geralmente é um desperdício, que infelizmente não vai ser reaproveitado e até pode ser de plástico não reciclável, o que acaba gerando uma poluição e um impacto negativo para o meio ambiente. No momento da compra ou elaboração de um presente tente pensar nisso e diminuir a embalagem desnecessária de seu presente. Peça uma sacolinha de papel em vez de uma sacolinha de plástico por exemplo, de qualquer forma sacolas de plásticos nunca vão ficar embaixo da árvore de natal <3. Prefira uma embalagem de papelão ou de papel kraft à embalagem de plástico. Existem até opção vegetais muito bonitas, com folhas! Quando puder, reuse as embalagens e não descarte os papéis que podem ser reaproveitados 😊. Pode também ser criativo e fazer uma embalagem de um retalho de tecido por exemplo.

·        Bônus: o embrulho que faz parte do presente

Existem embrulhos de presente que vão além de pensar em limitar o desperdício e o lixo de plástico. E tem pessoas que consideram o embrulho como uma parte essencial do presente! Um exemplo dessas embalagens com história, seria, por exemplo, o embrulho de presente da Timirim, de papel semente. Essa caixa é produzida a partir de restos de aparas de papel coletados por catadores da Ong Guardiões do Mar. Além disso, é fabricada por moradores da comunidade Guaxindiba, em São Gonçalo-RJ, gerando renda e dando oportunidades às comunidades. As sementes inclusas dentro da composição podem ser diversas, mas escolhemos as sementes de manjericão porque gostamos da ideia de uma planta que é comestível e se torna alimento! Nesse caso o próprio embrulho vira parte do presente!

Os embrulhos também podem ser obras de arte e de handcrafting, tanto de papelão quanto de tecido. Por exemplo um desenho de criança, um retalho de tecido dobrado ou outros materiais recuperados e customizados, existem muitos tutoriais no youtube de pessoas com paixão por esses trabalhos e que explicam todas as etapas.

 

Conclusão: tem que ser um prazer seu, se não for, não compre!

Para mim é essencial curtir a compra do presente que você vai oferecer, não apenas comprar um presente porque tem que oferecer um. Eu acredito que um presente pensado com carinho e amor fora de época vale mais do que um presente básico e sem alma na data certa. Isso é ainda mais certo com presentes para bebês e crianças. Geralmente eles recebem muito mais presentes do que a própria capacidade de curtir cada um deles, então se você não achou nada que lhe agrade, não compre nada! E deixe para o próximo encontro, fora de época, quando você tiver uma ideia que amou e que o pequeno está plenamente disponível para aproveitar esse presente. Para mim, essa forma de pensar os presentes tem tudo a ver com o consumo consciente que não é de comprar por comprar. Faço isso com todos meus sobrinhos há 12 anos e eles nunca reclamaram, pelo contrário 😊

Compartilhei com você algumas das minhas ideias, mas eu também preciso das suas para o meu Natal de nova mãe e para ajudar minha família a responder essa pergunta “o que ela gostaria de receber?”. Então se você tiver uma ótima ideia ou opção, por favor compartilhe nos comentários, adoro ouvir você!

Abraço verde,

Ninon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *