Episódio #10 – Ana Cris, do parto humanizado ao Coletivo Nascer

Podcast

Episódio
#10

Ana Cris, do parto humanizado ao Coletivo Nascer

Ana Cris tem 53 anos, depois de ter tido dois filhos, ela se formou como doula e depois como obstetriz. Em 2018, ela criou o “Coletivo Nascer”com um grupo de médicas, parteiras e doulas numa casa de São Paulo, para atender famílias que querem um parto natural a preços acessíveis.
Ana Cris já atendeu 1500 partos desde 2002, e nos conta dos dois partos dela, duas décadas atrás: uma cesária não desejada e depois a luta para conseguir um parto normal. Ela fala de episiotomia, de identidade, da construção do amor com o bebê, e da solidão do puerpério. Ela tem o brilho e o carisma de quem achou sua vocação e nos recebeu na casa do coletivo, depois de ter atendido um parto na madrugada anterior.
Para muitas mulheres, o puerpério chega como uma avalanche de sentimentos contraditórios. Também pode passar pelo “baby blues”, uma depressão pós parto comum que se deve à grande alteração hormonal, e que deixa a mulher mais isolada.  Um coletivo, um grupo de apoio, uma rede de mães, podem ser preciosos. É fundamental informar as mulheres que pode ser difícil se conectar com esse novo papel e essa nova identidade de mãe. No Coletivo Nascer, tem reuniões semanais sobre todos os temas relacionados a chegada do bebê. Até agora, mais de 110 partos já foram atendidos aqui na casa, e mais de 120 mulheres estão em pré natal.

Realização : Obrigada Produção
Música: "Chérie la Kro"

Para quem quer descobrir o Coletivo Nascer

Entre em contato conosco:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *