Episódio #25 – Thais, a escolha do SUS para sua gestação gemelar

Podcast

Episódio
#25

Thais, a escolha do SUS para sua gestação gemelar

E se de repente, você não esperasse um, mas dois bebês? Qual seria a sua reação? Felicidade em dupla, ou pânico de ter que cuidar e amar duas crianças de uma vez? Para a Thais, foi um momento inesperado, e ela conta com muitas gargalhadas todas as fases da sua gravidez. No final da saga para encontrar um médico que ela se sentisse confortável e não seja um defensor da cesárea agendada, ela escolheu o SUS em Brasília, para poder ter as filhas com a Dra Juliana.
Ela conta dos benefícios de fazer acompanhamento num hospital escola. Nunca tinha pensado nisso, mas para ela foi legal ouvir e aprender ao mesmo tempo que estava sendo atendida. Thais assistiu ao documentário "O renascimento do parto" e se sentia segura na escolha da sua médica, que prometeu esperar o tempo das gêmeas. Mas não aconteceu como planejado: uma nasceu de parto normal e a outra, por cesárea, com 40 minutos de diferença.
Neste episódio, vivemos as dúvidas de uma mãe de gêmeas: como se organiza a rotina quando um bebê sai da UTI dias antes da outra? Como a mãe se divide entre os dois lugares sendo que o pai que só tem 5 dias de licença paternidade? E depois, como criar essa dupla? E tudo juntas, ou tem que criar um caminho para cada uma?
E você, quer contar a sua historia, a sua trajetória para construir uma família, seja ela qual for? Escreve para gente: [email protected] ou nas redes sociais, @timirimbrasil.

As 10 dicas da Thais

1 - Não pire, respire!

2 - Tenha um tempo para você, não estou falando sobre fazer 50” de ioga, mas que seja um café, cinco minutinhos que você tenha plena consciência que você está aí.

3 - Agradeça! Pode ser fechando os olhos durante o banho e lembrando de 3 momentos alegres.

4 - Organize uma rotina mínima, envolva as crianças para que elas saibam o que vai acontecer.

5 - Faça combinados, não necessariamente eles serão realizados, mas comemore os que derem certo.

6 - Pais não são professores! Não ache que de uma outra para outra você será a melhor professora estilo homeschool do bairro. Se permita ser só a que auxilia.

7 - Escolha suas batalhas, não dá para cobrar com a mesma intensidade a lição de casa, a cama arrumada, o banho rápido e a paz entre irmãos. Não esgote suas argumentações da mesma forma em todas as situações, não será bom para você!

8 - As crianças não estão fazendo “tudo isso” para te deixar louca. Elas estão lidando com as próprias frustrações e tentando se adaptar, tanto quanto você.

9 - Reclamar toma tempo. Haverá dias, momentos que sim você precisará chorar, desabafar e tudo bem! Se permita fazer isso por um curto período e siga com a rotina! Ficar reclamando do vírus, do chefe, de não poder ir lá fora, dos vizinhos, de não poder viajar no feriado... não vai te levar a nada e pior suga sua energia.

10 - Por último, ninguém tem todas as respostas, pelo contrário, só você está vivendo a sua quarentena. Cada um tem sua jornada, então não se compare!

Realização : Obrigada Produção
Música: "Chérie la Kro"

@paisaoquadrado

@uni.formis

https://www.b2mamy.com.br/casa-b2mamy

https://www.paineluspdegemeos.com.br/

Entre em contato conosco:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.